Vinhos de Bordeaux

Vinhos de Bordeaux. Conheça a principal região vinícola do mundo!

Os vinhos de Bordeaux são conhecidos pela sua qualidade excepcional. A região, na França, é umas das áreas vinícolas de maior produção do mundo. Ela disputa com Borgonha, também na França, o título de maior produção vinícola.

O bom clima e solo da região foram alguns dos fatores importantes para consagrar Bordeaux. O próprio significado do termo Bordeaux pode ser traduzido, em português, como “a borda de água”. Esse conceito ajuda a explicar a localização da região, que está entre três rios: Dordogne, Garone e Gironde.

Os vinhedos de Bordeaux são reconhecidos pela excelência vinícola

À margem desses rios, formaram três importantes sub-regiões vinícolas. Margem Direita, Margem Esquerda e Entre Deux Mers. Quer saber mais sobre os vinhos de Bordeaux? Continue lendo e aprenda sobre essa importante região vinícola.

Importância de Bordeaux

Os vinhos de Bordeaux são comercializados para outros países há muito tempo. Os ingleses foram os principais clientes na Idade Média, depois vieram os holandeses, alemães e, agora, os norte-americanos.

Com uma média de produção anual de mais de 700 milhões de garrafas, Bordeaux possui um portfólio que varia desde os vinhos de mesa mais simples, até alguns dos mais prestigiados e caros rótulos do planeta.

Vinhos de Bordeaux
O clima favorável de Bordeaux é responsável pela ótima produção vinícola

As condições naturais foram essenciais para o desenvolvimento vinícola da região, principalmente pelo seu clima quente e pelo solo predominante de calcário, cascalho, argila e rochas.

Porém, a expertise dos franceses e demais vizinhos europeus foram essenciais para o crescimento de Bordeaux. A busca contínua para melhorar o vinho influenciou na qualidade que conhecemos hoje.

Principais uvas de Bordeaux

Os vinhos de Bordeaux são elaborados sempre com mais de uma variedade de uva, o que se pode denominar de “corte bordalês”.

Merlot, a Cabernet Sauvignon e a Cabernet Franc são as mais usadas na elaboração dos tintos, enquanto que Sémillon e Sauvignon Blanc são as principais uvas dos vinhos brancos.

As uvas tintas

A Merlot é a uva mais plantada em Bordeaux, responsável por cerca de 60% de todos os vinhedos da região. Ela é uma casta que amadurece mais cedo, sendo que o mesmo acontece para seus vinhos.

Logo em seguida, a Cabernet Sauvignon aparece como a segunda uva tinta de Bordeaux. Essa casta tem o amadurecimento tardio, principalmente devido às altas temperaturas da região. Ela é a mais plantada em Médoc, onde os solos tem predominância de cascalho.

A Cabernet Sauvignon é uma casta típica de Bordeaux

Por último, a Cabernet Franc aparece em presença na região de Bordeaux como outra opção para produção de vinhos. Ela tem o amadurecimento depois da Merlot e antes da Cabernet Sauvignon.

As uvas brancas

Os vinhedos de castas brancas em Bordeaux normalmente misturam duas variedades principais e uma ou duas secundárias.

A Sauvignon Blanc é uma casta típica de Bordeaux

A Sauvignon Blanc e a Sémillon são responsáveis por aproximadamente 90% dos melhores vinhedos de uvas brancas de Bordeaux. Outra variedade conhecida na região é a Sauvignon Gris, que tem sido cultivada em vinhedos importantes de Graves e Pessac-Léognam.

A classificação dos vinhos de Bordeaux

O sistema de classificação dos vinhos de Bordeaux é diferente de acordo com as sub-regiões. As mais tradicionais da região são as de Médoc e Sauternes, criadas em 1855 e que se mantém até hoje. Os vinhos de Bordeaux são conhecidos pela região que os produzem.

As primeiras regras foram criadas no século XVIII, de maneira informal, como uma forma de auxiliar na compra dos vinhos. Outra sub-região importante na classificação vinícola de Bordeaux é Saint-Émilion, embora tenha um impacto bem menor que Médoc.

As regiões de Bordeaux são sinônimo de excelência

Em Bordeaux, um conceito importante sobre a classificação dos vinhos são suas áreas – o chamado château.

Os chatêaus são grandes propriedades vinícolas de Bordeaux, classificados como premier cru e quatrième cru ou, ainda, como cru bourgeois. Os vinhedos podem melhorar ou piorar sua posição de acordo com quem as possui, já que mudam questões sobre o engarrafamento, cultivo de uvas e entre outras questões.

Os chatêaus são considerados mais como uma marca do que como um pedaço de terra, em si. Dessa forma, os proprietários têm importância fundamental para produção de vinhos nessas terras.

Sub-regiões de Bordeaux

Como você deve ter percebido, Bordeaux é uma região rica para produção de vinhos e com grande variedade da bebida em virtude de cada local. Conheça um pouco mais sobre as principais sub-regiões e seus principais vinhos de Bordeaux.

Graves

Localizada na Margem Esquerda, Graves possui solos predominantes em cascalho. Essa sub-região tem expertise na produção de vinhos brancos e está se empenhando em melhorar a qualidade dos tintos.

Paisagem em Graves, na região de Bordeaux

Graves tem uma área de 5.040 hectares de vinhedos, aproveitando as boas terras para o cultivo de uvas. A classificação dos chatêau nessa região aconteceu pela primeira vez em 1953 e 1959 e foi se aperfeiçoando com o tempo.

Pomerol

Pomerol é outra sub-região importante de Bordeaux, localizada na Margem Direita. A região é dominada por chatêaux de qualidade superior.

Vinícola em Pomerol, Bordeaux

Existem dois tipos de solos na região, marcados por cascalho e areia ou cascalho e argila. Há o predomínio da uva Merlot, principalmente com cortes com a Cabernet Franc. Os vinhos dessa região costumam ter maturação entre cinco e dez anos.

Sauternes

Em Sauternes, seus vinhos brancos são diferenciados e podem ser consumidos tanto sozinhos como em harmonizações com comidas salgadas. O vinho dessa região é encorpado e, geralmente, tem grande poder de guarda.

Região de Sauternes
A região de Sauternes é beneficiada pela podridão nobre do vinho

Sauternes também é conhecida por ser uma região em boas condições para o desenvolvimento da podridão nobre para o vinho. O fungo Botritys Cinérea ataca a uva, eliminando sua água. Com isso, o açúcar e demais propriedades aromáticas são realçadas.

Recebem a denominação de Sauternes os vinhos doces da região e outros de três comunas entre Sauternes e Borsac. São elas: Preignac, Bommes e Fargues.

Saint-Émilion

A região de Saint-Émilion situa-se na Margem Direita e tem a Merlot como sua casta dominante. Outra variedade bastante utilizada é a Cabernet Franc, chamada por lá de Bouchet.

Saint-Émilion
A região de Saint-Émilion, em Bordeaux, tem a casta Merlot como dominante

Devido ao uso dessas duas uvas, os vinhos de Saint-Émilion levam entre quatro e oito anos para alcançar sua plenitude. Como resultado, o vinho tem elegância, equilíbrio e aromas aguçados com o decorrer de seu amadurecimento.

Pauillac

O município de Pauillac é o principal produtor de vinhos em Bordeaux. Nessa área existem três premier crus: Château Lafite-Rothschild, Château Latour e Château Mouton-Rothschild; e 15 crus classés.

Os melhores rótulos de Pauillac demoram entre 15 e 20 anos para ficarem prontos

Os melhores rótulos dessa região levam entre 10 e 20 anos para atingirem sua plenitude. Com o amadurecimento, os vinhos adquirem notas de madeira, minerais e frutas.

Margaux

Em Margaux, há apenas um premier cru, o Château Margaux, e o maior número de crus classés de Médoc. Seus vinhos são aromáticos e cheios de taninos delicados.

Margaux tem apenas um premier cru

A região é marcada por solo cheio de cascalho, que facilita a drenagem na região. A denominação de origem de Margaux atinge também mais quatro comunas: Cantenac, Laborde, Arsac e Saissans.

Prove já seu vinho Bordeaux

Como você deve ter percebido, Bordeaux tem expertise quando o assunto é vinho. As condições naturais e fatores humanos ajudaram a tornar o vinho da região tão prestigiado como é atualmente.

Que tal saborear um bom vinho de Bordeaux? No VinhoSite você encontra as melhores opções de vinho Bordeaux.

Château Malbat Bordeaux Rouge

País: FrançaVinho-Frances-Chateau-Malbat-Bordeaux-Rouge-VinhoSite
ProdutorChâteau Malbat
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 16 a 18 °C
Variedades: Blend Merlot e Cabernet Sauvignon
Sugestão de Harmonização: Pato, Ganso, Rosbife e Peru assado.
Preço: R$ 75,40
Compre no Vinhosite

Château Malbat Bordeaux Rosé

País: FrançaVinhos-Franceses-Rose-Chateau-Malbat
ProdutorChâteau Malbat
Tipo: Rosé
Estilo: Rosé Vigoroso
Temperatura ideal: de 10 a 12 °C
Variedades: Blend de Cabernet Sauvignon e Malbec
Sugestão de Harmonização: Queijos Cremosos, Iscas de Filé e Mariscos.
Preço: R$ 82,50
Compre no Vinhosite

Château Malbat Sauvignon Blanc – Semillon 

País: França Vinho Château Malbat Sauvignon Blanc - Semillon
ProdutorChâteau Malbat
Tipo: Branco
Estilo: Brancos Frutados
Temperatura ideal: de 10 a 12 °C
Variedades: Sauvignon Blanc, Semillon
Sugestão de Harmonização:Lagosta e queijo de cabra.
Preço: R$ 82,50
Compre no Vinhosite

Château Tour Bel Air Montagne St Emilion

País: França 
Produtor: Château Tour Bel Air
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 10 a 12 °C
Variedades: Blend de Cabernet Sauvignon e Merlot
Sugestão de Harmonização: Carnes Vermelhas, Faisão e Peru Assado.
Preço: R$159,89
Compre no Vinhosite

Château Florie Aude Rouge

País: FrançaChâteau Florie Aude Rouge
Produtor: Château Florie Aude
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 17 a 18 °C
Variedades: Blend de Cabernet Sauvignon e Merlot
Sugestão de Harmonização: Champignons Salteados, Costela de Boi e Carne de Carneiro.
Preço: Indisponível
Compre no Vinhosite

Murets de Mez AOC Bordeaux

País: FrançaVinho Francês Murets de Mez AOC Bordeaux
ProdutorCave du Marmandais
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Intenso
Temperatura ideal: de 16 a 18 °C
Variedades: Blend de Cabernet Sauvignon e Merlot
Sugestão de Harmonização: Pernil de Cordeiro, Fígado de Vitela Grelhado.
Preço: Indisponível
Compre no Vinhosite

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *