Vinho chora? Descubra o significado das “lágrimas”.

tintos-e-tantos-POR-QUE-O-VINHO-CHORA-1

Durante o processo de degustação de um vinho, os profissionais e enófilos de maneira geral, giram o líquido na taça por alguns instantes. Certamente, após essa ação você verá surgir alguns filetes escorrendo pelas paredes da taça que são chamados de lágrimas do vinho, ou de pernas, arcos, abóbadas, arcadas, entre outras inúmeras denominações existentes. Mas qual a importância dessas lágrimas? E o que elas significam?

A esse efeito dá-se o nome de “Marangoni”, em homenagem ao físico italiano Carlo Marangoni, que em meados do século dezenove, juntamente com o inglês James Thompson, esclareceram em definitivo a causa desse fenômeno. Após muitos estudos e vários testes, os dois comprovaram que esse efeito ocorre, pois há uma grande diferença entre a tensão superficial da água e do álcool e também devido ao fato do álcool evaporar com muita facilidade.

White wine swirling in a crystal glass outdoors

Ao girar o vinho, forma-se nas paredes internas da taça uma fina película de vinho. O álcool, por ser mais volátil, começa a evaporar com uma velocidade maior que a água e a alta tensão superficial que permanecerá na parede da taça fará com que surjam as famosas lágrimas, que retornam em forma de filete, devido à ação da força da gravidade.

Evidentemente, por esse motivo pode-se afirmar que o choro do vinho está diretamente ligado ao seu teor alcoólico. Quanto mais elevada for a concentração alcoólica, maior o número de lágrimas, mais juntas e mais lentas elas iram escorrer. Quanto menos alcoólico o vinho, menor o seu número de lágrimas, mais afastadas e mais rapidamente elas descerão pela taça.

One thought on “Vinho chora? Descubra o significado das “lágrimas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *