Uva Merlot: conheça mais sobre os vinhos dessa variedade

Este artigo sobre a Uva Merlot foi escrito, especialmente para o VinhoSite, pela Bia Dias do blog Winer.

O Vinho elaborado com a uva Merlot é um vinho suave e elegante, mas que pode ter características bem distintas, dependendo do local do cultivo da uva (regiões quentes produzem vinhos distintos dos de regiões frias) e da forma como é vinificado.

Mas uma coisa é certa: os vinhos dessa uva podem ser apreciados tanto sozinhos como acompanhando uma refeição! Ótimo, não é?

Gostou? Aproveite e experimente o Mezzacorona Merlot, um vinho Italiano. Aproveite!

Mezzacorona Merlot

País: Itália
ProdutorMezzacorona
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto intenso
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Risoto com aves e Rosbife.
Preço: R$ 72
Compre no Vinhosite

Curiosidades da Merlot

passaro-merle
Pássaro Merle

Estudiosos acreditam que o nome dado a essa variedade de uva está relacionado à cor de um pássaro, muito comum na Europa, que se deliciava com essa uva, principalmente quando passava um pouco do ponto de amadurecimento e ficava bem doce.

A palavra “Merlot” seria, assim, um diminutivo de “Merle”, que em francês significa pequeno pássaro preto, cuja cor era a mesma das uvas quando maduras.

Mais uma curiosidade. Essa uva produz vinhos caríssimos e famosos no mundo todo.  Não acredita? Vinho como o Chateau Cheval Blanc, o Chateau Petrus e o Le Pin são elaborados com a Merlot.

O Chateau Petrus, por exemplo, que é elaborado praticamente somente com Merlot (essa uva representa algo em torno de 95% do blend), já foi vendido por aproximadamente USD 1.870! Em reais, podemos dizer que isso seria o equivalente a 5.600!!!!

Só por esse fato já podemos imaginar como essa uva faz sucesso, não é? Ficou interessado? Continue lendo nosso artigo e descubra várias curiosidades sobre a Merlot e aproveite nossas sugestões de bons vinhos para você degustar e ter sua própria opinião!

Cultivo da Merlot

 

cacho-uva-merlot
Cacho de Uva Merlot

De acordo com pesquisadores, a Merlot é descendente da Cabernet Franc. As características relacionadas à uva, ao seu desenvolvimento e cultivo são geralmente comparadas às da Cabernet Sauvignon, o que faz sentido, pois ela seria meia-irmã da Merlot.

Seguindo essa linha de raciocínio, podemos dizer que a uva Merlot tem bago maior, casca mais fina, cor menos escura e menos taninos que sua meia-irmã. Outra diferença é que a Merlot amadurece antes que a Cabernet Sauvignon – na região de Bordeaux, cerca de duas semanas antes.

Assim como a Cabernet Sauvignon, a Merlot tem boa adaptabilidade a diversos solos e terroirs. Suas cepas se desenvolvem muito bem em solos rochosos e áridos, mas também são bem cultivadas em solos argilosos. Quanto ao clima, a adaptabilidade também reina, pois consegue produzir boas safras tanto em climas mais quentes quanto em mais frios e úmidos.

Quer saber um pouquinho mais sobre essa uva? Assista ao vídeo da Vanessa Sobral.

Principais Características da Merlot

A Merlot é uma uva usada tanto para a produção de vinhos de corte, em que há mistura de uvas, quanto em vinhos varietais, aqueles elaborados com uma única variedade de uva (clique aqui para saber mais sobre essa diferença). Essa versatilidade fez com que ela fosse uma das uvas mais plantadas no mundo todo.

A sua suavidade a torna propicia para ser misturada com a sua meia irmã Cabernet Sauvignon, que tem casca mais escura e grossa e mais taninos. Essa mistura produz vinhos maravilhosos – como os famosos vinhos de Bordeaux, um dos blends mais adorados do mundo.

Apesar do seu fácil cultivo e da sua flexibilidade, os especialistas divergem a respeito do tempo de maturação dessa uva, não existindo consenso.

Isso porque, outra característica dessa uva é sua propensão para passar do ponto do amadurecimento, o que pode acontecer em questão de dias (um dia está boa e dias depois já amadureceu muito).

Os diferentes estilos de Vinho Merlot

Na tentativa de achar o melhor momento para a colheita da Merlot, especialistas acabaram criando duas correntes: aqueles que defendem a colheita precoce e aqueles que defendem a colheita o mais tarde possível.

Os que defendem a colheita tardia entendem que isso conserva os açúcares e a maturação fenólica de forma mais concentrada. A outra corrente, ao contrário, acredita que a colheita tardia prejudica a acidez e destaca excessivamente os aromas frutados, tornando o vinho mais pesado, com menos frescor e elegância, razão pela qual defendem a colheita precoce.

Por causa dessa divergência que atualmente existem dois tipos de vinhos Merlot: (i) o estilo internacional, elaborado no novo mundo, no qual a uva é colhida mais tarde (no momento em que está mais madura), com teor alcoólico mais alto e que resulta em um vinho mais encorpado.

E (ii) o tradicional estilo de Bordeaux, que usa uva colhida mais cedo para manter a acidez e produzir vinhos de corpo médio, com teor alcoólico moderado.

Como se não bastassem essas diferenças, especialistas ainda afirmam que há diferença de entre os vinhos em razão da região onde a uva é cultivada, especificamente se em local mais quente ou mais frio.

De fato, vinhos de regiões mais frias, como França, Itália e Chile, são mais estruturados, com maior presença de taninos e aromas de tabaco. Já os vinhos de regiões mais quentes, como da Califórnia, da Austrália e da Argentina, são mais frutados e com taninos menos predominantes.

Outro diferencial é o teor alcoólico: nas regiões mais quentes os vinhos tendem a ter um percentual alcoólico mais elevado, em torno de 14,5%, ao passo que os vinhos de regiões mais frias ficam em torno de 13,5%.

A Merlot no Velho Mundo

Por ser uma uva de fácil adaptação e muito flexível, a Merlot é cultivada em inúmeras regiões vinícolas. Além da França, grande produtora dessa variedade, destacam-se também a Itália, a Califórnia, a Austrália, a Argentina, o Chile e Portugal.

Na França, as regiões que mais destacam pelo cultivo dessa variedade são as do Sudoeste, especialmente Bordeaux. No Sul, o cultivo aumentou nos últimos anos, especialmente na região de Languedoc-Roussillon.

Na tradicional região de Bordeaux, junto com a Cabernet Sauvignon, é uma das uvas mais cultivadas. Na da margem esquerda do Rio Gironde, a Merlot é usada em blend com a Cabernet Sauvignon e tem a função de trazer corpo e suavidade.

No início o percentual não era muito relevante, representando algo em torno de 1/3 do total de uva que compõe o vinho. Atualmente, entretanto, pode-se dizer que, em média, os vinhos tintos dessa região são compostos de aproximadamente 2/3 de Merlot.

Por outro lado, na margem direita do Rio Gironde, nas regiões de Pomerol e de Saint Emillion, essa variedade representa quase que a totalidade do blend.

Na Itália, a Merlot é muito usada nos blends dos vinhos produzidos na região da Toscana, onde é comumente misturada com as uvas da região, como a Sangiovese, para balancear a alta acidez das uvas italianas.

A uva Merlot no Novo Mundo

Nos Estados Unidos, a Merlot é cultivada tanto na Califórnia quanto na região de Washington.

Nas Califórnia, considerada como a principal região vinícola dos Estados Unidos, o cultivo é antigo, mas somente ganhou notoriedade a partir da década de 80, quando essa uva passou a ser moda entre os consumidores americanos.

Inicialmente era usada para a produção de vinhos varietais. Posteriormente, entretanto, os produtores da região passaram a misturar essa uva com outras, com o intuito de fazer um blend parecido com o da região de Bordeaux.

O auge da produção foi na década de 1990 e início de 2000, quando o cultivo passou de 50mil acres! A moda passou e, nos últimos 10 anos, o cultivo tem sofrido declínio.

Em Washington, a Merlot ajudou a impulsionar o desenvolvimento da viticultura e a colocar a região no mapa mundi do vinho. Antes do cultivo da Merlot, muitos consideravam essa região como muito fria para o cultivo de uvas tintas, mas o sucesso dessa variedade provou o inverso!

O Chile é outro grande produtor de vinho Merlot. Dentre as várias regiões produtoras de Merlot, a região do Aconcagua destaca-se por ter um clima propício para o cultivo dessa uva. Em razão da baixa temperatura, os vinhos elaborados com a Merlot dessa região tendem a ter mais estrutura, mais taninos e alto nível de acidez.

Curiosidade 

No Brasil, algumas vinícolas usam a Merlot para a elaboração do espumantes. Essa uva, apesar de tinta, quando usada para a elaboração de espumantes, segue o processo de vinificação do vinho branco (elimina-se o período em que o vinho base fica em contato com a casca, chamado de maceração).

Segundo a Vinícola Adolfo Lona, uma das vinícolas que usa a Merlot na produção de espumantes, a adição de Merlot ao espumante ajuda a reduzir ligeiramente a acidez e tornar o espumante mais amável.

Dicas de Harmonização

O vinho Merlot é um vinho tinto considerado como intermediário: tem boa estrutura e, ao mesmo tempo, suavidade no palato. Por essa razão, combina com uma grande variedade de comida!

No geral, pode-se dizer que combina bem com frango e outras carnes mais leves, mas acompanha perfeitamente bem massas e carnes um pouco mais escuras. Experimente com frango com verduras no papelote, macarrão com molho de tomate, pato assado…

Especialistas apenas sugerem que se evite tomar esse vinho com comidas muito apimentadas e com peixe. Mas isso não quer dizer que você não deva fazer isso. Afinal, a melhor harmonização é aquela que mais agrada o seu paladar!

Se quiser saber mais dicas de harmonização, confira esse artigo!

Nossas sugestões de vinhos Merlot

Com essa uva são produzidos tantos vinhos com preços bem expressivos, chegando muitas vezes a concorrer com o vinho mais caro do mundo, mas também vinhos mais acessíveis, que, com certeza, cabem no bolso de muitos amantes do vinho, como os que sugerimos a seguir! Aproveite!

Valdemoro Merlot

País: Chile
ProdutorTorreón de Paredes
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de 14 a 16℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Batata ao forno com creme e Canelone.
Preço: R$ 40
Compre no Vinhosite

Casanova Antaño Reserva Merlot

País: Chile
ProdutorHugo Casanova
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de 14 a 16℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Bisteca e Castela de porco.
Preço: R$ 42
Compre no Vinhosite

Portal da Vinha Lisboa

País: Portugal
ProdutorCia das Quintas
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de14 a 16℃
Variedades: Merlot, Castelão e Tinta Roriz
Sugestão de Harmonização: Carne moída com vegetais e talharim com molho bolonhesa.
Preço: R$ 42
Compre no Vinhosite

Dalbosco Clássico Syrah-Carménère Merlot

País: Chile
ProdutorViña Dalbosco
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de 14 a 16℃
Variedades: Merlot, Carménère
Sugestão de Harmonização: Pappardelle ao funghi.
Preço: R$ 51
Compre no Vinhosite

Caze Blanque Merlot

País: França
ProdutorVPA
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de 16 a 17℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Carnes vermelhas e massas.
Preço: R$ 64
Compre no Vinhosite

Casanova Reserva Merlot

País: Chile
ProdutorHugo Casanova
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Intenso
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Carne de boi assada e massa com molho vermelho.
Preço: R$ 65
Compre no Vinhosite

Edifice Merlot

País: França
ProdutorVPA
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Pernil de Cordeiro.
Preço: R$ 70
Compre no Vinhosite

Mezzacorona Merlot

País: Itália
ProdutorMezzacorona
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto intenso
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Risoto com aves e Rosbife.
Preço: R$ 72
Compre no Vinhosite

Nekeas Tempranillo Merlot

País: Espanha
ProdutorBodegas Nekeas
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Macio
Temperatura ideal: de 14 a 16℃
Variedades: Merlot e Tempranillo
Sugestão de Harmonização: Paleta assada e peru assado.
Preço: R$ 72
Compre no Vinhosite

La Carraia Merlot Umbria

País: Itália
ProdutorLa Carraia
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Intenso
Temperatura ideal: de 14 a 16℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Carne marinada e picanha.
Preço: R$ 72
Compre no Vinhosite

Torreón de Paredes Reserva Merlot

País: Chile
ProdutorTorreón de Paredes
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
Variedades:
Sugestão de Harmonização: Frios e embutidos.
Preço: R$ 75
Compre no Vinhosite

Adolfo Lona Brut Nature

País: Brasil
ProdutorAdolfo Lona
Tipo: Espumante
Estilo: Espumante Complexo
Temperatura ideal: de 6 a 12℃
Variedades: Merlot, Pinot Noir e Chardonnay
Sugestão de Harmonização: Camarões e salmão.
Preço: R$ 79
Compre no Vinhosite

Château Sauman Côtes de Bourg

País: França
ProdutorChâteau Sauman
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
Variedades: Merlot e Cabernet Sauvignon
Sugestão de Harmonização: Cordeiro.
Preço: R$ 104
Compre no Vinhosite

Lídio Carraro Grande Vindima Merlot

País: Brasil
ProdutorLídio Carraro
Tipo: Tinto
Estilo: Tinto Complexo
Temperatura ideal: de 16 a 18℃
VariedadesVarietal
Sugestão de Harmonização: Carnes grelhadas.
Preço: R$ 148
Compre no Vinhosite

E você, é um grande apreciador de Merlot? Já experimentou alguma das nossas sugestões? Conte-nos nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *